Ortopedia

Ortopedia

Ortopedia Veterinária em Cuiabá

A ortopedia veterinária é uma especialidade que estuda, diagnostica e trata casos de traumatologias (luxações e fraturas) e patologias relacionadas aos ossos, músculos, articulações e ligamentos dos pets. Essa especialização surgiu com o avanço da veterinária e tem como objetivo oferecer melhor tratamento aos animais e proporcionar a eles alívio de dores e mais qualidade de vida.

A alegria de um cachorro transparece no abanar do rabo e na velocidade da corrida! Eles correm daqui para lá, pulam e rolam para nos mostrar que estão felizes e brincalhões, e a razão disso muitas vezes eles podem se machucar, ou ter um desgaste prematuro das articulações que podem causar dores e incômodos e deixá-los tristinhos.

A locomoção faz parte da qualidade de vida dos pets. Estes, estão cada vez mais presentes nos lares brasileiros e alcançaram uma expectativa de vida maior. O que muitos tutores esperam e que estes animais consigam alcançar a velhice mantendo o bem-estar. Assim, existe uma demanda muito grande por serviços ortopédicos.

Assim como os humanos, os animais também podem sofrer com doenças ortopédicas de origem genética ou degenerativa. Uma delas é a artrose, patologia degenerativa que se caracteriza pelo desgaste da cartilagem que protege as articulações e ossos de áreas como joelhos, cotovelos, coluna, dentre outras. A artrose não tem cura mas é possível desacelerar o processo degenerativo e diminuir a dor.

Outra doença ortopédica bastante comum é a ruptura do ligamento cruzado. Tal enfermidade causa uma ruptura crônica levando à fadiga progressiva das estruturas que compõem o joelho.

Já a displasia coxofemoral é característica de animais de médio e grande porte e é uma das principais demandas da ortopedia veterinária. Essa patologia se caracteriza pela degeneração da articulação localizada entre a cabeça do fêmur e a bacia. Com isso, os animais acometidos pelo problema têm dificuldade em se locomover, levantar e pular devido as dores excessivas.  

Algumas outras doenças que também podem ser diagnosticadas e tratadas pela ortopedia veterinária são: Displasia de Cotovelo, Necrose Asséptica da Cabeça do Fêmur, Síndrome do Cão Nadador, Hérnia de Disco, entre outras.

Perguntas sobre Ortopedia Veterinária

É ideal primeiramente a consulta com um veterinário especializado ortopedista. Normalmente os tutores procuram pelo médico veterinário quando notam alguma alteração de comportamento em seus animais. Nesse sentido, os mais comuns são manqueira, dificuldade para se locomover ou levantar, falta de apetite e alterações comportamento usual. Nesses casos, cabe ao especialista solicitar alguns exames para identificar o problema e, dessa forma, aplicar o tratamento mais adequado.

O raio X é muito indicado para a primeira avaliação em casos de fraturas. Também é ideal para observar a indicação de cirurgia e na avaliação da recuperação após a intervenção.

Já o ultrassom veterinário fornece imagens multiplanares e em alta definição. Por tal razão, permite a visualização clara da ocorrência de fraturas, alterações nas articulações ou nervos. Além disso, se o equipamento tiver o efeito doppler, é possível observar o fluxo sanguíneo e avaliar se há alguma alteração na região afetada. Portanto, a ultrassonografia é uma ótima aliada na ortopedia em pequenos animais.

Outros exames como biópsias, cultura de osso, exame de sangue, vídeo-artroscopia podem ser realizados para ter um diagnóstico mais exato.

A grande parte dos atendimentos em ortopedia em pequenos animais são tratados com cirurgias. As mais comuns são cirurgia de luxação de patela, de coluna, de amputação, cirurgia com placa e parafuso, com imobilização externa e de ruptura de ligamento cruzado.

Muitos problemas também são contidos com medicação ou com tratamentos alternativos tais como a fisioterapia para recuperar os movimentos de regiões debilitadas.

Uma dica importante na ortopedia em pequenos animais é sempre orientar os tutores sobre a importância da prevenção, sobretudo nas raças que têm predisposição genética para problemas ósseos. Além disso, cuidados como evitar que os animais escorreguem ou caiam e não deixá-los circulando livremente onde há intenso movimento de veículos são fundamentais para evitar fraturas.

Quer agendar um horário para o seu pet?

Entre em contato conosco!

× WhatsApp